MasterCard

Aproxime

MasterCard • 10 de junho de 2019

Mastercard promove o encontro entre crianças em tratamento oncológico e a seleção brasileira

Durante o amistoso entre Brasil e Honduras, em Porto Alegre, neste domingo (08/06), a Mastercard, em parceria com o Hospital de Amor, maior instituição de oncologia filantrópica do Brasil, realizará o sonho de crianças em tratamento oncológico em uma ação inédita no Brasil. A empresa, que é patrocinadora oficial das seleções de futebol do Brasil, utilizará a tecnologia de telepresença e levará as crianças hospitalizadas para dentro do estádio para vivenciar a emoção de entrar em campo com seus ídolos.

Robôs com o tamanho de uma criança entrarão ao lado dos jogadores da seleção brasileira representando dois meninos em tratamento oncológico que estão no Hospital de Amor, em Barretos (SP), e transmitirão, ao vivo, por meio de uma tela de LED, todas as suas reações. Na outra ponta, dentro do hospital, as crianças poderão vivenciar um pouco da emoção de ser um Player Escort e de poder estar “dentro” do campo.

Hoje (08/06), no último treino antes do jogo, para aproximar ainda mais as crianças dos jogadores da Seleção Brasileira, a Mastercard levou os robôs ao campo e fez uma transmissão para que os jogadores e equipe técnica tivessem a oportunidade de conhecer melhor a história das crianças que entrarão no gramado com eles no dia seguinte.

“Entrar em campo com os jogadores de futebol é um sonho para milhões de crianças em todo o mundo. No entanto, parece ser impossível para muitos deles, especialmente aqueles que estão hospitalizados. Por isso, aproximamos essas crianças de seus ídolos. Essa ação faz parte da nossa campanha para a Conmebol Copa América 2019, que tem como mote a palavra “Aproxime”, que é um convite para as pessoas se aproximarem uma das outras e começarem o que não tem preço por meio do futebol”, explica Sarah Buchwitz, Vice-Presidente de Comunicação e Marketing da Mastercard Brasil e Cone Sul.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), evidências de estudos experimentais sugerem que o estresse psicológico pode afetar o crescimento do tumor. Por isso, estar próximo a familiares ou amigos pode reduzir os níveis de depressão, ansiedade e até os sintomas relacionados à doença e ao tratamento dos pacientes. Isso porque o apoio emocional e social pode ajudar os pacientes a lidarem com o estresse psicológico. Segundo o Instituto, essa doença atinge cerca de 12 mil crianças e adolescentes anualmente no Brasil, o que representa uma média de 32 casos por dia.

“Estamos muito contentes com a iniciativa da Mastercard de realizar o sonho de muitas crianças em tratamento, que é poder entrar em campo com seus ídolos e viver a emoção da torcida. Com certeza, essas crianças irão sentir que a grande torcida é por eles, por sua saúde, por sua felicidade, para que sejam vitoriosos a cada desafio que enfrentam. Temos a certeza, também, de que todos os torcedores que estiverem no estádio ou em suas casas terão suas vidas transformadas para sempre ao participarem deste lindo projeto. Mais do que assistir a uma partida, a perspectiva trazida pelo projeto da Mastercard leva todos a participarem de um momento de amor ao próximo.” afirma Henrique Moraes Prata, Diretor de Responsabilidade Social do Hospital de Amor.

 “Entrar em campo com um dos craques da Seleção Brasileira é uma experiência única para toda criança, é inesquecível. Nessa ação inédita da Mastercard, estamos realizando o sonho daqueles jovens que não podem estar aqui. É uma forma de contribuirmos um pouco neste momento, com muita força e energia positiva”, comenta Giberto Ratto, Diretor de Marketing da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Sobre a ação

Para o desenvolvimento do projeto, feito pela Mastercard com a colaboração da WMcCann e da MediaMonks, houve uma série de desafios não apenas técnicos, mas, principalmente, operacionais. Pela irregularidade da superfície do campo, foi necessário desenvolver robôs capazes de andar na grama, lidar com obstáculos e também ser resistentes à água da chuva. Além disso, um software de streaming foi desenvolvido especialmente para a ação, para lidar com possíveis interferências nas frequências de rádio e transmissores de TV, pois os robôs são controlados remotamente.

No projeto inicial para o desenvolvimento dos robôs, o design concept e o detalhamento em 3D, serviram como base para produção dos moldes e, enfim, a produção final em fibra de vidro finalizada com tinta automotiva, para maior durabilidade. Já para o processo de pilotagem, pilotos foram ao estádio e contaram com o feedback direto em tela auxiliar. Além disso, durante todo o projeto, os parceiros pensaram de forma conjunta em que medida teriam que se adaptar aos protocolos dos jogos e, também, quais soluções para os demais desafios de logística da ação.

“Sem dúvida esse é um projeto ousado, combinando aspectos de eletrônica, engenharia de software, infraestrutura e envelopado com um craft de qualidade. Essa ação demonstra como a tecnologia está a nosso serviço e como também pode ser usada para fazer o bem”, destaca Tato Bono, Vice-Presidente de Produção da agência WMcCann.

Apoio ao Hospital de Amor

Além da ação em campo, a Mastercard destinará 1 milhão de reais, através de incentivos fiscais, para o Hospital de Amor, como forma de manter o compromisso com a instituição por meio do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD) e da Lei do Idoso; 500 mil reais para o Projeto Cuidar, que tem por objetivo custear e manter a prevenção, tratamento e pesquisa do câncer infanto-juvenil, e outros 500 mil reais para o Projeto. Os fundos apoiarão vários projetos, incluindo a prevenção, o tratamento e a pesquisa do câncer infantil e juvenil.